Primeira turma do curso de Nutrição da Univale completa 15 anos desde a formatura

Conversamos com a egressa Ariela Werneck, que contou um pouco sobre seu tempo na Univale

No dia 21 de dezembro de 2007 a primeira de muitas turmas de Nutrição da Univale colou grau. Já se passaram 15 anos desde então, por isso, falamos com uma das nossas egressas para relembrar os bons tempos da graduação. Ariela Werneck, que se formou na primeira turma do curso, conta como aproveitou ao máximo todas as oportunidades que a Universidade ofereceu e como isso foi importante para a sua carreira profissional.

“Eu participei de praticamente tudo. Fui monitora de Citologia e Histologia, depois de Técnica Dietética por quase 2 anos, formação muito importante para a minha atuação hoje na docência. Também fiz pesquisa como iniciação científica  voluntária no projeto de parasitoses e avaliação nutricional, com o professor Fábio e Cinthia. Depois fui bolsista no laboratório de Imunologia. O contato com a pesquisa nesses projetos foi imprescindível para eu dar continuidade nos meus estudos de pós-graduação. Participei também de um projeto de extensão materno infantil, com a professora Enara, que era dentro do Paope, e que dava assistência odontológica e psicológica a crianças menores de 3 anos, e após a criação do curso de Nutrição começamos com o atendimento nutricional. Esse projeto também foi muito importante para minha atuação hoje que é em nutrição materno infantil”.

Ariela, que hoje é mestre e professora na Universidade Federal do Oeste da Bahia, sempre se interessou pelo meio acadêmico, e o Simpósio da Univale foi como ela se iniciou na pesquisa científica.

“Além de tudo que eu mencionei, também fiquei muito feliz em compor a equipe do simpósio de pesquisa e iniciação científica. Comecei a participar como ouvinte, depois enviei um trabalho para apresentar em pôster. Depois entrei para a equipe de apoio. E após formar, o professor Carlos me convidou para palestrar numa mesa redonda. Eu realmente era muito apaixonada com esse evento. Só deixei de participar quando fui para Viçosa cursar o mestrado”.

Nutrição na Univale

Estudar na Univale e conviver no campus é mais que uma graduação, é uma experiência. Os estudantes aqui têm a oportunidade de atuar em projetos de extensão que os colocam em contato com as práticas da profissão. Mas se o meio acadêmico é o que faz seus olhos brilharem, os projetos de iniciação científica também estão aí para guiar você na carreira de pesquisador.

Os laboratórios oferecem a estrutura necessária para desenvolver projetos que vão além do meio acadêmico, promovendo também ações sociais para prestar assistência para a população de Governador Valadares.

O curso de Nutrição esteve engajado em projetos sociais desde sua primeira turma, projetos como o Polo de Assistência ao Paciente Especial (Paope), o Ambulatório de Lesões Dermatológicas, Centro de Atendimento Interdisciplinar de Geriatria e Gerontologia (Caige), Univale Saúde e Anjos da Alegria sempre contaram com alunos e professores de Nutrição integrando suas equipes. Além disso, o curso também tem projetos de extensão que foram desenvolvidos por iniciativa própria, como o Nutrindo o Saber, Oficina dos Saberes e Sabores e o Projeto de nutrição materno-infantil.

Gostou? Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support