Colação de Grau

A colação de grau é um ato solene reunindo a congregação do respectivo núcleo para a outorga do grau aos formandos, de acordo com o(s) curso(s) que tiver(em) concluído. Na Univale, a cerimônia solene é programada pela Reitoria em comum acordo com a Secretaria Acadêmica, as coordenações e os formandos.

Tratando-se de uma solenidade, obedece a um ritual que objetivamente precisa ser cerimonioso, alegre e ágil. Devido ao volume de pessoas que se concentram no recinto da solenidade, procura-se realizar uma cerimônia com os ritos mais importantes, numa previsão de tempo que não ultrapasse a 1h45min (uma hora e quarenta e cinco minutos).
Para acompanhar as reuniões de organização da colação de grau, sob responsabilidade da coordenação da colação de grau, deverá estar presente o(a) presidente(a) da comissão de formatura ou o(a) representante de turma.

A cerimônia solene de colação de grau será realizada prioritariamente no auditório do Centro Cultural Hermírio Gomes da Silva, dependendo do número de formandos, ficando a critério do cerimonial da Univale definir outro local em casos imprevisíveis ou de força maior, observando condições de acomodação do público que se pretende receber. Durante a pandemia causada pelo coronavírus, a partir de 2020, o número de convidados pode sofre alterações para atender decretos que regulam a limitação de público para controle da covid-19.
Todas as solenidades da formatura são indicadas no convite e apresentadas em ordem cronológica, na subsequência dos dias e horários. As cerimônias solenes de colações de grau da Univale serão agendadas previamente pela coordenação do cerimonial e disponibilizadas no site da Univale, com previsão das datas com a maior antecedência possível.
Recomenda-se total cuidado com crianças e idosos. Orientamos não trazer menores de 7 (sete) anos para as cerimônias solenes de colação de grau. Qualquer comprometimento da segurança dessas pessoas não será de responsabilidade da universidade.
A Univale ficará responsável pelo local e logística da cerimônia solene de colação de grau somente nas dependências da Universidade, inclusive do cerimonial.
O formando que participar da cerimônia solene de colação de grau deverá contribuir com uma taxa única, cujo valor e prazo de pagamento serão definidos por meio de ofício expedido pela reitoria da Univale, no semestre em que estiver formando. Essa taxa arcará com parte dos gastos necessários da referida cerimônia solene. Os formandos deverão se dirigir à tesouraria da Univale, Campus Antônio Rodrigues Coelho ou no Campus Armando Vieira, com o intuito de efetuar o referido pagamento da contribuição dos formandos. O formando deve guardar o comprovante de pagamento, que será exigido na retirada dos convites para a colação de grau. Ressaltamos que a participação do formando na cerimônia solene estará condicionada a efetivação do pagamento da referida taxa.
Caso não haja interesse do formando em participar da cerimônia solene, a colação de grau será realizada na congregação do respectivo núcleo, mediante agendamento prévio com a coordenação do curso, gabinete da reitoria e Secretaria Acadêmica, em data posterior à cerimônia solene. Esta se fará com participação restrita de representantes do colegiado de curso, no recinto da universidade sob escolha desses e não terá qualquer ônus para o formando.
A comissão de formatura ficará responsável pela celebração de contratos com os profissionais: fotógrafos, cinegrafistas, bem como pela aquisição das placas de homenagem aos professores e pela locação de becas, capelos e canudos, se necessário.
O traje para os convidados será passeio, não sendo permitido o uso de bermudas, chinelos de dedo e camisetas regata.
Na cerimônia solene de colação de grau cada formando disporá de dois lugares reservados aos pais ou convidados especiais. A Universidade se reserva ao direito de definir o número de convidados por formando.
O culto ecumênico, missa ou quaisquer outras celebrações religiosas referente à formatura são de responsabilidade dos formados, não tendo qualquer relação com a universidade. 

A confecção dos convites de formatura é de inteira responsabilidade dos formandos que custearão as despesas dos mesmos.
As comissões de formatura deverão celebrar contrato formal de prestação de serviço, exigir as provas dos convites e acompanhar as correções e formatação dos mesmos.
Todos os formandos, mesmo os que não contribuíram com a comissão de formatura, deverão ter o nome completo incluído no convite, na listagem dos formandos.
Os nomes dos homenageados e autoridades acadêmicas deverão ser corretamente grafados, incluindo a titulação acadêmica. Exemplo: Prof. Dr. Antônio Carlos Pereira Mendonça.
A impressão gráfica do convite ficará a critério dos formandos, devendo prevalecer o bom gosto, a criatividade e a acessibilidade do custo. Governador Valadares dispõe de empresas especializadas em design e gráficas para a produção de convites com qualidade, facilitando o acompanhamento dos interessados e com oferta de preços compatíveis com o mercado.
Os textos de homenagens aos mestres, aos pais e outros devem obedecer ao princípio dos direitos autorais. Ao reproduzir uma frase ou texto, não deixe de indicar a autoria e colocá-los entre aspas. Estimulem os colegas a elaborarem as mensagens. O plágio pode incorrer em processo.
Preparado o convite e realizada a primeira prova, a mesma deverá ser encaminhada para avaliação no setor de eventos, pelo menos com 60 dias antecedentes da colação de grau, para conferência de datas, locais, designação de autoridades, titulação dos professores, nomes dos alunos, dentre outras informações.
É recomendável que a comissão de formatura envie convite para as seguintes autoridades:

  • Presidente da Fundação Percival Farquhar;
  • Reitora da Univale

Em todos os convites deverão aparecer a marca da Univale. Fica a critério do designer do convite a escolha do local de impressão do mesmo.


Marca da Univale

Compete às comissões de formatura dos cursos definir uma equipe fotográfica e de filmagem para as festividades (colação de grau, culto ecumênico, baile e coquetéis, entre outros).

Esclarecemos o seguinte:

  • Tratando-se de cerimônia solene onde estarão colando grau mais de um curso, deverá permanecer no palco somente uma equipe de filmagens e de fotógrafos por vez, com um número limitado e definido de profissionais, devidamente credenciados pelo cerimonial, a fim de evitar transtornos, além do excesso de equipamentos e de luz.
  • O contrato da equipe fotográfica com os formandos não regulará as condições de trabalho no recinto das solenidades da colação de grau. A equipe fotográfica ficará subordinada ao que foi definido pelo cerimonial da Univale sem qualquer prejuízo na ordem do ritual da cerimônia solene.
  • Durante a execução do Hino Nacional, com imagens na tela, não são permitidos flashes e imagens de luz.
  • Usualmente os contratos com empresas fotográficas contemplam a “doação” de canudos para formandos e placas para os homenageados. Recomenda-se:

– não usar placas de homenagem de vidro, pois correrão o risco de quebrar ou trincar e a universidade não se responsabilizará por substituí-las;
– verificar, com antecedência, a qualidade desses produtos que serão entregues pelos formandos aos homenageados na cerimônia solene de colação de grau, com o intuito de não serem surpreendidos de “última hora” com materiais de baixa qualidade;
– estabelecer todo trabalho que deverá ser prestado, por intermédio de contratos com prazos previamente estabelecidos;
– não aceitar nada de graça pois por tudo se paga um custo embutido, por exemplo: o DVD, o churrasco, as bebidas, dentre outros agrados oferecidos em troca do serviço.
– viabilizar o valor das fotos, a quantidade, a qualidade e apresentação do álbum para não serem surpreendidos posteriormente. Há trabalhos muito bons de equipes fotográficas sérias, mas há aqueles que tiram proveito dos contratos feitos à revelia da improvisação e com obrigações pouca explícitas.

No convite de formatura e na cerimônia solene de colação de grau são prestadas as homenagens pelos formandos. Cada curso escolherá para homenagear, obrigatoriamente:
– um(a) Paraninfo(a) –  é a homenagem mais importante, equivale a “padrinho” da turma, é aquele(a) que entrega o diploma para cada formando, também pode vir a discursar na cerimônia (cerimonial define discursos posteriormente); 
– um(a) docente Titular de Turma – homenagem reservada àquele(a) que se destacou durante o curso pelo domínio de conhecimento e postura na condução do curso;
Os formandos de cada turma também poderão escolher:
– duas homenagens docentes;
– uma homenagem administrativa ou outra docente.

As homenagens docentes normalmente são destinadas aos(às) professores(as) mais queridos pelos formandos. A homenagem administrativa é direcionada para algum funcionário da Univale que tenha marcado a trajetória da turma, caso os alunos façam essa opção. Pode ser um funcionário de algum laboratório, da biblioteca, da tesouraria, da secretaria acadêmica, da reitoria, da limpeza ou de qualquer outro setor. Excepcionalmente, tendo o curso um número muito elevado de professores, poderá ser autorizada a escolha de ‘patrono’ ou de mais professores(as) homenageados(as). 

Estas homenagens serão comunicadas pelos próprios formandos aos homenageados. Essa comunicação pode ser festiva e os formandos podem usar a criatividade para surpreender positivamente o docente homenageado. Recomenda-se, no mínimo, um comunicado por escrito, conforme modelos abaixo.
Na cerimônia solene de colação de grau, o cerimonial estabelece:

  • O Paraninfo, o docente Titular de Turma e todos os demais homenageados (professor ou funcionário) receberão durante a cerimônia solene uma placa que será entregue pelos formandos, indicados pela comissão de formatura.
  • O docente Titular de Turma também terá a honrosa tarefa de conduzir os formandos da entrada do auditório até seus lugares.



Caberá aos formandos do curso providenciar as homenagens, que poderão ser por meio de placas ou troféus. A homenagem vale mais pelo gesto do que pela peça que se entrega no ato da solenidade.
Procurem ser originais nas mensagens. É importante checar a redação do texto, verificando a concordância, a ortografia e a autoria do mesmo quando houver reprodução de frase textual, não devendo deixar de nominar os homenageados.
Por meio do formulário contido nesta página (dados para o cerimonial) cada curso indicará os nomes dos formandos que entregarão as placas para os seguintes homenageados:
– Paraninfo(a): 1
– Titular de Turma: 1
– Docente: 2
– Funcionário(a) (ou terceiro docente): 1
Para cada semestre o presidente da comissão de formatura deverá preencher o formulário (dados para o Cerimonial) após a escolha dos homenageados em conjunto com a turma e entregá-lo no setor de eventos ou no gabinete da reitoria, até a data determinada pela coordenação da Colação de Grau estabelecida em reunião prévia.
Os canudos dos formandos e as placas de homenagens serão encaminhados pelo menos 15 (quinze) dias de antecedência da cerimônia solene de colação de grau para o setor de eventos ou gabinete da reitoria, pelo presidente da comissão de formatura. Somente mediante a entrega deste material e do comprovante de pagamento da taxa de colação de grua entregaremos as credenciais. Neste sentido ao elaborar o contrato com a equipe de fotografia, e caso ela faça “doação” desse material, deverá estabelecer prazos longos nos contratos celebrados, para fins de entrega desse material, via correio ou por outro meio que julgarem pertinentes, pois as credenciais ficarão retidas até a entrega desse material.

O Cerimonial programa um(a) orador(a) para proferir o discurso, representando os cursos durante a solenidade. Todos os alunos podem se candidatar a Orador(a) da cerimônia. Em cerimônias onde há mais de uma turma colando grau, ele(a) está representando todos os formandos do dia da formatura, inclusive os que não são do seu curso. 
No discurso, o(a) orador(a) deve contextualizar o curso, o profissional formado, agradecer aos homenageados, mestres, pais, amores e funcionários e dirigir-se à turma de forma afetiva. Alertamos que a constatação de plágio ensejará a desclassificação do candidato.
A reprovação em qualquer disciplina ou componente curricular que o impeça efetivamente de colar grau no dia da solenidade também enseja impedimento para o orador.
É necessário para concorrer à função de orador(a) fazer sua inscrição no período determinado pela Coordenação da Colação de Grau, através do e-mail eventos@univale.br. O e-mail deverá ser encaminhado com a seguinte identificação: “candidato a orador”. Neste e-mail deverá conter o seu nome, curso, turno, telefone de contato, bem como ser anexado o discurso, que terá no mínimo duas e no máximo três laudas, em fonte Arial 12 e espaçamento duplo. É importante também ter boa dicção e boa tonalidade de voz.
Concluída a etapa de análise dos discursos, será posteriormente agendada pela coordenação da Colação de grau, a apresentação oral do discurso por cada candidato que estará se submetendo à avaliação da comissão de julgamento. Apresentando-se mais de um(a) candidato(a) a orador(a), apenas um(a) será selecionado(a) pela comissão, considerando os quesitos abaixo: conteúdo do discurso, clareza das mensagens, qualidade da voz, desinibição do candidato e expressão corporal.



Modelo de Ficha de Avaliação dos Candidatos a Orador(a)


Colação de Grau – UNIVALE

 

 

CRITÉRIOS

Candidato 1 Candidato 2 Candidato 3 Candidato 4 Candidato 5
1 Conteúdo do discurso          
2 Clareza das mensagens          
3 Qualidade da voz          
4 Desinibição do candidato          
5 Expressão corporal          
Total de pontos          

Importante

As notas para pontuação têm uma variação de 1 a 5 e o candidato que obtiver o maior número de pontos é o escolhido para orador(a) oficial da Colação de Grau do dia.
Após esta seleção o nome do(a) orador(a) escolhido(a) deverá constar nos convites dos cursos com a solenidade de Colação de Grau daquela data.
O cerimonial dará orientação ao escolhido quanto a sua “performance” para uma brilhante apresentação.

O uso da beca será obrigatório para todos os formandos, sendo da responsabilidade dos mesmos alugá-la para a cerimônia solene.
A cor da faixa é indicada de acordo com a área de conhecimento do curso, conforme o descrito na planilha intitulada: Cor oficial da faixa da beca e da pedra preciosa.
A cor da pedra preciosa é indicada para o aluno que optar pelo uso do anel de grau, não sendo o uso obrigatório.
A beca será usada com meias e sapato preto para os homens e sapato scarpin ou chanel preto, para as mulheres. Não será permitido o uso de sandálias ou mules e nem tênis.
Debaixo da beca, os homens e as mulheres deverão usar calça preta e, caso as formandas optarem pelo traje, vestidos e saias deverão ser próximos ao joelho. O comprimento das mangas da beca deverá cobrir todo o braço, estendido ao longo do corpo e o comprimento da barra deverá cobrir o final do tornozelo, deixando o peito do pé descoberto.
Como a beca será alugada, certifique-se se o tamanho atenderá ao seu manequim. A vestimenta curta ou longa, fora do padrão expõe os formandos ao ridículo, comprometendo as fotos e a imagem, ao subir ao palco.
O uso do capelo será obrigatório, devendo ficar fixo em posição reta na parte superior. O pingente será posicionado no lado esquerdo e para maior segurança os elásticos finos deverão ser utilizados.

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) não define as cores para cada curso. No entanto, possui uma classificação de cores para as áreas do conhecimento. Assim, as cores do CNPq para os campos do saber estão categorizadas da seguinte forma:


– Vermelho: área do conhecimento das Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, Linguística e Artes conforme terminologia adotada pelo Censo Educacional do MEC;

– Verde: área do conhecimento das Ciências Biológicas e da Saúde conforme terminologia adotada pelo Censo Educacional do MEC;

– Azul: área do conhecimento Ciências Exatas e da Terra Ciências de Engenharia e Tecnologia conforme terminologia adotada pelo Censo educacional do MEC.


Cores oficiais das faixas das becas e das pedras preciosas:

Curso

Faixa

Pedra preciosa

FONTE

Administração

Azul 

Safira azul escuro

Conselho Federal de Administração

Agronomia

Azul

Safira azul


Arquitetura e Urbanismo

Azul

Safira azul


Biomedicina

Verde

Esmeralda


Ciências Contábeis

Vermelho

Turmalina rosa clara


Design Gráfico

Vermelho

Safira azul


Direito

Vermelho

Rubi


Educação Física

Verde

Pedra de cor verde


Enfermagem

Verde

Esmeralda verde


Engenharias

Azul

Safira azul


Estética e Cosmética

Verde

Esmeralda


Farmácia

Amarela

Topázio imperial amarelo

Resolução 41 do Conselho Federal de Farmácia


Fisioterapia

Verde

Esmeralda verde


Fonoaudiologia

Verde

Safira azul


Gestão de Recursos Humanos

Azul

Safira azul


Jornalismo

Vermelho

Rubi


Medicina

Verde

Esmeralda


Medicina Veterinária

Verde

Esmeralda


Nutrição

Verde

Esmeralda


Odontologia

Verde

Granada


Pedagogia

Vermelho

Turmalina verde


Psicologia

Azul

Lápis – lazúli


Publicidade e Propaganda

Vermelho

Rubi


Sistemas de Informação

Azul

Safira azul



A cerimônia solene da Colação de Grau requer a formalidade do momento, objetividade e segurança. As solenidades realizadas no mês de julho deparam com o frio e ventos, já as realizadas no mês de dezembro com calor e as chuvas de verão. Por isso, deverão ser objetivas, sem atraso e com alegria.
É proibido ao formando e aos seus convidados portar ou utilizar quaisquer objetos de percussão como: tambor, apitos, pandeiros, buzinas, cornetas. Também são proibidos os fogos de artifício e balões, pois eles ao serem estourados causam incômodos sonoros como os demais instrumentos perturbadores e que comprometem a ordem deste evento que é solene. Esta informação deverá ser repassada pelo formando aos seus convidados, pois não poderão entrar no recinto com tais instrumentos.
A sequência da Colação de Grau obedece a seguinte ordem:

  1. Composição da Mesa de Honra
  2. Entrada dos professores
  3. Entrada solene dos formandos
  4. Abertura oficial da solenidade
  5. Hino Nacional
  6. Entrega das placas aos homenageados
  7. Juramento
  8. Discurso do(a) orador(a) formando(a)
  9. Discurso do(a) paraninfo(a)
  10. Outorga do grau aos formandos
  11. Entrega dos diplomas simbólicos
  12. Encerramento da cerimônia

A convocação para os ensaios da Colação de Grau será enviada previamente para o presidente de comissão de formatura, via e-mail e por meio de cartazes que serão afixados para visualização dos formandos. A convocação será feita de comum acordo com os coordenadores de curso, com o objetivo de não atrapalhar as atividades acadêmicas.
Todos os formandos deverão comparecer ao ensaio para se familiarizarem com o ambiente e assinar a lista de presença para incluir no cerimonial.


Dados para cerimonial – modelo

A Colação de Grau se faz mediante o juramento público do(a) formando(a), a outorga do grau pelo(a) Reitor(a), assinatura da ata da cerimônia solene e ter realizado o ENADE, nos casos previstos.
Sem a outorga do grau, juramento público do aluno, assinatura da ata da Colação de grau e realização do ENADE, o aluno não será considerado graduado, não poderá filiar-se aos conselhos de classe, nem solicitar expedição de diploma, bem como atuar de forma plena no exercício profissional.
Os alunos que ao final do semestre letivo já tiverem concluído suas obrigações acadêmicas como: carga horária, estágio, projetos experimentais e monografias, ou trabalho de conclusão de curso e realizado o ENADE, poderão requerer junto à Secretaria Acadêmica o seu diploma.

Para solicitar o diploma é necessário se dirigir pessoalmente à Secretaria Acadêmica portando o ‘nada consta’ da biblioteca e da tesouraria. No ato do requerimento, o(a) aluno(a) já receberá o atestado de colação de grau e o histórico escolar. 

Com esses documentos,  já é possível dar entrada no registro profissional junto ao respectivo conselho de classe. O pedido deve ser feito 5 dias após a colação de grau. O diploma é emitido digitalmente no prazo de até 90 (noventa) dias.

O aluno recebe o diploma digital no e-mail cadastrado junto à Secretaria Acadêmica. Certifique-se que seu endereço eletrônico está correto.

  1. O formando deverá estar no recinto da cerimônia solene, com pelo menos 60 minutos de antecedência.
  2. Cada formando que participar da cerimônia solene de Colação de Grau terá direito de convidar os pais ou 02 (dois) convidados especiais para ocuparem os lugares reservados à frente. Serão distribuídas as credenciais de cor diferenciada para o acesso ao local.
  3. Haverá segurança nas entradas do auditório do Centro Cultural Hermírio Gomes da Silva para recolher as credenciais de entrada dos convidados e manter a ordem, bem como inibir, se necessário, a entrada de pessoas portadoras de instrumentos de percussão. Todos os instrumentos detectados no recinto serão recolhidos, pois é proibido o seu porte e uso no recinto e em seu entorno.
  4. Os recepcionistas ficarão à disposição para recepcionar os professores, formandos, orientar seus pais e convidados especiais, conduzindo-os até os lugares reservados. Os demais convidados se acomodarão nos lugares disponíveis no auditório. Os recepcionistas organizarão e conduzirão os formandos e docentes para a entrada solene, dentre outras atividades que já são de conhecimento dos mesmos.
  5. As áreas externas são livres para as filmagens e fotos. Dentro do auditório, o registro fotográfico e cinematográfico é reservado às empresas/profissionais contratados pela comissão de formatura.
  6. O silêncio deverá ser respeitado tão logo tenha início a cerimônia solene de Colação de Grau.
  7. A entrada dos formandos será por ordem alfabética por curso e por aluno.
  8. Cada professor Titular de Turma entrará em destaque, conduzindo os formandos do curso até o local reservado.
  9. No ato da entrada dos formandos no local da cerimônia solene todos permanecerão de pé até a entrada do último formando.
  10. A beca completa vem acompanhada do capelo e faixa. O uso da pelerine pelos formandos é opcional.
  11. O capelo ficará assentado na cabeça do formando, sem inclinação, com o pingente posicionado no lado esquerdo.
  12. A faixa deverá ter caimento para o lado esquerdo.
  13. Os formandos deverão fazer uso de calça preta, meias e sapatos pretos e verificar se a bainha está de acordo com sua altura.
  14. As formandas deverão fazer uso de calça comprida preta e calçado preto. Evitar calçado que comprometa o equilíbrio e o andar elegante.
  15. Durante os cumprimentos na recepção dos diplomas, restringir os excessos de afagos para agilizar a solenidade.
  16. Por medida de segurança os fogos de artifícios são proibidos no recinto da cerimônia solene e em seus entornos.
  17. Os casos omissos serão analisados e resolvidos no Setor de Eventos e no gabinete da reitoria.
  18. O cerimonial se reserva ao direito de proibir a entrada no recinto da cerimônia solene de colação de grau, pessoas portando objetos de percussão e daqueles que comprometam a ordem.

É hora de comemorar a vitória alcançada! Traga para a festa o orgulho de seu pai, a emoção de sua mãe, e o carinho de seus familiares e amigos.
O brilhantismo dessa solenidade dependerá de seu entusiasmo e do espírito de união de todos aqueles que de alguma forma colaboraram para que essa seja uma noite inesquecível…
Contamos com você! Parabéns a todos.


Setor de Eventos da UNIVALE

Fone: 3279.5959
eventos@univale.br

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support