Espaço A3 – Apoio ao Aluno

O Espaço A3 – Apoio ao Aluno, vinculado à Assessoria de Graduação, constitui-se em serviço interno de apoio aos discentes e às atividades didático-pedagógicas da instituição, comprometido com a inclusão acadêmica, científica e social do estudante, com oferta de serviços, programas e ações. 

 

A Univale considera que a inclusão e acessibilidade são princípios fundamentais que norteiam seu projeto institucional. Por isto, é disponibilizado aos estudantes um serviço interno de apoio às atividades didático-pedagógicas por meio de um serviço previsto no organograma institucional desde o ano de 2008, pela Portaria Univale n° 018/2018.

 

À época, o serviço foi nomeado como Setor de Atendimento ao Estudante – SAE, sendo uma estrutura administrativa vinculada à Pró-Reitoria de Graduação que desde então se tornou a referência na assistência estudantil, por ser comprometida com a integração acadêmica, científica e social dos estudantes, articulando ensino, pesquisa e extensão, em uma atuação intersetorial para a oferta dos serviços disponíveis. Em 2018, o setor foi reformulado e passou a ser denominado como Espaço A3 – Apoio ao Aluno, sendo regulamentado pela Resolução CONSUNI n°. 048/2018. 

 

A inclusão institucional se dá ao conceber que todos os estudantes são sujeitos integrados ao meio acadêmico e social, a partir de suas vivências universitárias, usufruindo do sistema articulado entre ensino, pesquisa e extensão, e pelo desenvolvimento de ações e atividades em prol da missão universitária que é formar profissionais competentes, éticos e comprometidos com o desenvolvimento humano e regional. 

 

Neste sentido, o Espaço A3 presta apoio aos discentes por meio de ações, serviços e programas, que envolvem o acolhimento (acesso, conforto, aprendizado, circulação e permanência), acessibilidade metodológica e instrumental, a monitoria, o aprimoramento acadêmico, além do apoio psicopedagógico, psicológico e de educação especial e inclusiva. Estas ações, serviços e programas de apoio aos estudantes estão disponíveis aos estudantes dos dois campus da Univale. 

 

Em todos os atendimentos são construídos os PIDs (Planos Individuais de Desenvolvimento), para a orientação do atendimento do estudante com necessidades educacionais especiais, de forma articulada aos docentes, com auxilio e acompanhamento do serviço de inclusão e/ou de apoio psicológico, em cada período letivo, com o objetivo de garantir a permanência dos discentes em suas jornadas acadêmicas.

 

Outra ação de inclusão da instituição é a promoção e participação em eventos sobre acessibilidade e inclusão para a comunidade interna e externa da Univale. Nesse sentido, internamente, é realizada anualmente a Jornada da Educação Inclusiva, prevista no calendário institucional no início do segundo semestre letivo de cada ano. A proposta é a formação continuada do corpo docente em relação aos aspectos biopsicossociais e de educação especial no ensino superior, com vistas às possibilidades de acessibilidade metodológica e atitudinal das práticas docentes. 

 

Já na comunidade externa, além das ações de extensão universitária, a Univale possibilita a atuação de colaboradores, inclusive do Espaço A3, para representarem a categoria de instituições de ensino superior em diversos Conselhos de Direitos locais (educação, assistência social, pessoa com deficiência, idosos, mulher, direitos humanos, etc.), com o intuito de corroborar para que se tenha uma sociedade mais justa, fraterna e plural. 

 

A instituição ainda realiza campanhas educativas e de mobilização, rompendo barreiras atitudinais, que debatem aspectos educativos e culturais afetos às pessoas com deficiências, às temáticas de igualdade étnico-racial e de relações de gênero, dentre outras. 

 

Neste sentido, também conforme o Plano Institucional de Inclusão e Acessibilidade, a partir de 2020, a Univale realiza anualmente, com previsão em seu calendário institucional para período de término das atividades do primeiro semestre letivo, sua Semana da Diversidade. 

 

Trata-se de uma ação cujo objetivo é garantir a acessibilidade atitudinal, a partir de temáticas a serem trabalhadas que reflitam os componentes curriculares que se pautem no ensino de culturas e direitos humanos, como parte do processo de formação universitária. O entendimento é que os preceitos legais existem para garantir inclusão e acessibilidade, e ao serem debatidos no espaço acadêmico, devem permitir vivências múltiplas sociais e colaborar na permanência dos discentes em seus processos formativos.

 

O Espaço A3 – Apoio ao Aluno tem por objetivo prestar apoio aos estudantes, por meio de serviços, programas e ações em seus aspectos psicopedagógicos, com atividades de acolhimento e permanência, acessibilidade metodológica e instrumental, monitoria e aprimoramento acadêmico, a partir das seguintes ações:

 

I. Apoiar o processo semestral de matrícula, prestando informações sobre seus serviços, programas e ações; 

II. Acolher demandas do corpo discente em aspectos pedagógicos;

III. Acolher demandas do corpo discente em aspectos psicológicos;

IV. Acolher demandas do corpo discente em aspectos psicopedagógicos referentes ao público da Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva;

V. Registrar e acompanhar a execução do Programa de Aprimoramento Acadêmico; 

VI. Registrar e acompanhar a execução do Programa de Monitoria; 

VII. Desenvolver e implementar o Programa de Permanência Estudantil, de forma articulada com demais setores envolvidos;

VIII. Auxiliar nas ações institucionais de acompanhamento dos egressos, colaborando de forma articulada com demais setores envolvidos;

IX. Executar ações e eventos sobre formação cidadã, aspectos educacionais e de inclusão, em suas diversas possibilidades;

X. Executar ações de formação de estudantes para o mercado de trabalho, em articulação com o CEO – Centro de Empregabilidade e Oportunidades.

XI. Orientar os estudantes quanto às questões de seguro estudantil, de forma articulada com os demais setores envolvidos;

XII. Orientar demandas espontâneas dos Centros Acadêmicos;

XIII. Acompanhar a execução do plano de ações que integra o Plano Institucional de Inclusão e Acessibilidade da Univale.

 

 

Edmarcius Carvalho Novaes

Contato: edmarcius.novaes@univale.br

 

Atribuições:

I. Coordenar e acompanhar o processo de implantação, implementação, monitoramento e avaliação dos serviços, programas e ações do Setor; 

II. Responder pelo setor no âmbito de suas competências; 

III. Acompanhar a execução do plano de ações que integra o Plano Institucional de Inclusão e Acessibilidade da Univale.

IV. Elaborar com a equipe o Plano de Trabalho Anual do Espaço A3, submetendo à aprovação pela Pró-Reitoria de Graduação – PROGRAD e da Assessoria de Graduação – ASGRAD da Univale, fazendo-o cumprir;

V. Convocar e presidir reuniões periódicas da equipe para planejamento e/ou monitoramento das ações previstas no Plano de Trabalho Anual.

VI. Encaminhar relatórios semestrais circunstanciados à Assessoria de Graduação – ASGRAD, com indicação de providências que visem a eficácia da atuação do Setor; 

VII. Cumprir e fazer cumprir as deliberações da Reitoria, Pró-Reitoria de Graduação – PROGRAD e da Assessoria de Graduação – ASGRAD da Univale, bem como as instruções e determinações da Fundação Percival Farqhuar – FPF. 

 

Adriana Marcia Capistrano Costa Coelho

Contato: adriana.capistrano@univale.br

 

Atribuições:

I. Acolher o estudante e proporcionar um espaço de diálogo e reflexão sobre seu processo de
ensino e aprendizagem;

II. Contribuir e dialogar com o corpo docente acerca da relação professor e estudante frente às
práticas didáticas e metodológicas, quando solicitado;

III. Auxiliar na organização de eventos internos para a formação cidadã, aspectos educacionais e
de inclusão, em suas diversas possibilidades;

IV. Emitir relatórios semestrais das atividades específicas realizadas;

V. Encaminhar as demandas espontâneas e aquelas identificadas durante os atendimentos para a
rede de serviços interna da Univale; 

VI. Orientar metodologicamente e didaticamente o estudante, mediante as dificuldades de
aprendizagens, quando solicitadas;

VII. Acompanhar a execução do Programa de Monitoria;

VIII. Acompanhar a execução do Programa de Aprimoramento Acadêmico;

IX. Acompanhar o desenvolvimento e execução do Programa de Permanência Estudantil;

X. Auxiliar nas ações institucionais de acompanhamento dos egressos, colaborando de forma
articulada com demais setores envolvidos;

XI. Executar ações de formação de estudantes para o mercado de trabalho, em articulação com
o CEO – Centro de Empregabilidade e Oportunidades.

XII. Auxiliar nas demandas espontâneas dos Centros Acadêmicos;

XIII. Auxiliar na avaliação anual do cumprimento das ações previstas no Plano de Inclusão e
Acessibilidade da Univale.

 

XIV. Participar e contribuir nas reuniões periódicas da equipe para planejamento e/ou
monitoramento das ações previstas no Plano Trabalho Anual.

Adriana Mara Pimentel Maia Portugal

Coordenação: adriana.portugal@univale.br

 

Atribuições: 

I. Auxiliar no processo semestral de matrícula, prestando informações sobre as atribuições do apoio psicológico; 

II. Atuar, entre outras, nas seguintes situações: 

a) problemas educacionais e de desenvolvimento relacionados ao desempenho e ao ajuste acadêmico; 

b) problemas no ambiente acadêmico, estruturais ou funcionais, que afetam o desenvolvimento dos estudantes; 

c) problemas sociais ou interpessoais relacionados ao aprendizado ou ao comportamento; 

d) dificuldades ou transtornos específicos que afetam o aprendizado, o comportamento ou a inclusão do estudante no ambiente acadêmico;

III. Acolher e ouvir o estudante em suas demandas individuais, propondo-lhe uma reflexão sobre estratégias para enfrentamento de situações adversas e/ou realizar encaminhamentos conforme a necessidade e o caso; 

IV. Atender e orientar coordenadores de cursos em situações que envolvam estudantes com demandas psicológicas, sugerindo intervenções que visem a melhoria no relacionamento entre estudantes e professores; 

V. Identificar casos semelhantes e recorrentes e, a partir deles, propor ações institucionais que visem melhorias nas relações entre estudantes/professores/universidade, de acordo com a necessidade; 

VI. Reunir, caso necessário, com profissional externo que acompanha o estudante com demandas psicológicas, visando à proposição de ações que favoreçam sua melhor adaptação no ambiente universitário; 

VII. Encaminhar à rede interna de serviço de atendimento psicológico demanda individual de estudante que se enquadrar no perfil do público alvo da referida rede interna de serviço;

VIII. Acolher familiares de estudantes em casos de impedimento do segurado, com o encaminhamento ao setor responsável pelo seguro estudantil;

IX. Auxiliar na organização de eventos internos de aperfeiçoamento e formação docente acerca de práticas pedagógicas humanizadoras e também no desenvolvimento de projetos e programas de prevenção primária e secundária; 

X. Emitir relatórios semestrais das atividades específicas realizadas; 

XI. Participar e contribuir nas reuniões periódicas da equipe para planejamento e/ou monitoramento das ações previstas no Plano Trabalho Anual;

XII. Auxiliar na avaliação anual do cumprimento das ações previstas no Plano de Inclusão e Acessibilidade da Univale.

 

Adelice Jaqueline Bicalho e Sara Edwirgens Barros Silva

Contatos: sara.silva@univale.br e adelice.bicalho@univale.br

 

 

Atribuições:

I. Auxiliar no processo semestral de matrícula, prestando informações sobre as atribuições do apoio à Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva;

II. Atuar como canal de diálogo e reflexão para a comunidade acadêmica, acerca da educação inclusiva, esclarecendo sobre acessibilidade para estudantes públicos-alvo da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva;

III. Contribuir na formação docente acerca das necessidades educativas especiais dos estudantes públicos-alvo da educação especial/inclusiva, esclarecendo sobre adaptações e adequações pedagógicas demandadas por cada caso, bem como acerca dos marcos legais da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva;

IV. Orientar metodologicamente e didaticamente o estudante com necessidades educativas especiais quando solicitado, mediante as demandas específicas de cada caso; 

V. Elaborar Plano Individual de Desenvolvimento (PID), documento interno de acompanhamento e registro acadêmico dos estudantes com necessidades educativas especiais atendidos pelo setor, com o objetivo de auxiliar os seus docentes na construção de suas estratégias no processo de ensino aprendizagem dos estudantes;

VI. Orientar semestralmente os docentes na elaboração do Plano Individual de Desenvolvimento – PID dos estudantes com necessidades educativas especiais atendidos, com o registro das adaptações e adequações de práticas pedagógicas e curriculares dos estudantes;

VII. Propor medidas de apoio e adequações pedagógicas que favoreçam o desenvolvimento das habilidades e competências profissionais, considerando o talento, a criatividade, as habilidades e os interesses do estudante com necessidades educativas especiais;

VIII. Encaminhar as demandas espontâneas e aquelas identificadas durante os atendimentos para a rede se serviços que atenda às pessoas com deficiências ou com necessidades educativas especiais;

IX. Realizar, quando necessário, reunião interna com o estudante com necessidades educativas especiais (sem caráter clínico/terapêutico) com sua família e/ou com profissional externo que o atenda;

X. Acompanhar as atualizações em torno dos marcos legais que regem a Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva;

XI. Auxiliar na organização de eventos internos de aperfeiçoamento objetivando a formação docente acerca de práticas e adaptações pedagógicas inclusivas;

XII. Reunir informações e compilar os dados, semestralmente, dos estudantes com necessidades educativas especiais;

XIII. Emitir relatórios semestrais das atividades específicas realizadas;

XIV. Participar e contribuir nas reuniões periódicas da equipe, para planejamento e/ou monitoramento das ações previstas no Plano Trabalho Anual;

XV. Auxiliar na avaliação anual do cumprimento das ações previstas no Plano de Inclusão e Acessibilidade da Univale.

 

O Programa de Aprimoramento Acadêmico – PAA consiste em oferecer atendimento extracurricular, de forma contínua e progressiva, aos estudantes regularmente matriculados nos cursos de graduação.

 

A oferta será semestral, tem por objetivos:

I. Aprimorar o conhecimento do estudante ingressante ou veterano em conteúdos básicos necessários para o melhor desenvolvimento das disciplinas;

II. Estimular o estudante a ser multiplicador do conhecimento construído e/ou sedimentado no PAA para os demais;

III. Conscientizar o estudante de sua responsabilidade como sujeito ativo da aprendizagem;

IV. Atender a um dos indicadores definidos pela Comissão Nacional de Educação Superior/MEC para avaliação de Cursos de Graduação no que se refere ao apoio ao estudante.

 

EDIÇÃO 2021/1

Leia o edital para a edição 2021/01: https://www.univale.br/edital-univale-no-016-2021-programa-de-aprimoramento-academico-paa/

Inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf66tKhVdnNbE7YXa0D8J0PorVFvvJVzudF9l0M4vp2E3-Cgw/viewform

Período de inscrição: 7 a 14 de maio de 2021

E-mail: paa@univale.br

Cursos ofertados: Cursos PAA 2021.1

 

Saiba mais sobre o PAA

 

O Programa de Monitoria Voluntária, regido por regulamento e editais próprios, possui os seguintes objetivos:

I. Melhor aparelhamento dos cursos de graduação, assim como o aproveitamento dos estudantes que apresentem aptidão necessária para a função;

II. Despertar no estudante monitor a vocação pela carreira docente;

III. Assegurar a cooperação do corpo discente com o corpo docente nas atividades de ensino;

IV. Proporcionar apoio acadêmico necessário aos estudantes com baixo desempenho e superação das dificuldades de aprendizagem.

 

Em breve edital para o 2021/2.

O Programa de Permanência Estudantil deve ser desenvolvido pela Equipe do Espaço A3, com regulamento próprio, conforme previsão no Plano de Desenvolvimento Institucional da Univale, e terá por objetivo articular as ações institucionais para garantir a permanência dos estudantes durante toda graduação, até o seu término. As ações de desenvolvimento e execução do programa devem ser articuladas com todos os setores da Univale envolvidos.

 

Em breve mais informações.

 

A Jornada de Educação Inclusiva da Univale, surgiu em 2018 tendo como objetivos: 

 

I. Esclarecer sobre a política de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, e os requisitos legais de inclusão preconizados pelo Ministério de Educação;

II. Implementar a política de inclusão da UNIVALE através de esclarecimentos e ações com base nas legislações de inclusão vigentes;

III. Conscientizar sobre a inclusão no Ensino Superior, e ainda, considerando o perfil do egresso de cada curso e as habilidades e competências necessárias para o exercício profissional. 

 

Saiba mais:

I Jornada da Educação Inclusiva – 2018

II Jornada da Educação Inclusiva – 2019

III Jornada da Educação Inclusiva – 2020

 

II SEMANA DA DIVERSIDADE DA UNIVALE 2021

Em breve mais informações

 

As ações disponíveis no Espaço A3 – Apoio ao Aluno para a comunidade acadêmica são os eventos internos realizados para a formação cidadã, sobre aspectos educacionais e de inclusão em suas diversas possibilidades, que favorecem o desenvolvimento das habilidades e competências profissionais, o aperfeiçoamento e formação docente acerca de práticas pedagógicas humanizadoras, além de prevenir e combater toda forma de violência, inclusive bullying, valorizando e incentivando a cultura da paz entre/na comunidade acadêmica e local.

 

São eventos institucionais sob responsabilidade do Espaço A3, com periodicidade anual e previsão no Calendário Acadêmico da Univale, sem prejuízos de outros, a Jornada da Educação Inclusiva e a Semana da Diversidade.

 

 
Veja os eventos já realizados:

RODA DE CONVERSA: “AUTISMO E PSICANÁLISE: PARCERIAS E INVENÇÕES”

RODA DE CONVERSA: “DIA INTERNACIONAL DE COMBATE À DISCRIMINAÇÃO RACIAL”

RODA DE CONVERSA: “AUTISMO: FAMÍLIA E INCLUSÃO”

A Universidade Vale do Rio Doce – UNIVALE, instituição comunitária de Governador Valadares, comprometida em oferecer uma formação igualitária e cidadã, pauta-se pela inclusão e pela garantia de acessibilidade física, metodológica e atitudinal.

A partir de sua missão educacional, apresenta à comunidade acadêmica este Plano Institucional de Inclusão e Acessibilidade, o qual contém informações essenciais para viabilizar tomadas de decisões institucionais para o pleno cumprimento das normativas legais em vigor direcionadas ao público com deficiência e demais condições biopsicossociais, visando a inclusão social e cidadã durante todo o processo de ensino e aprendizagem no ensino superior.

A instituição, com este documento, também preconiza diretrizes que estabelecem ações que visam garantir o cumprimento das metas previstas no Plano Institucional de Desenvolvimento – PDI da Univale, referentes aos objetivos institucionais e às estratégias definidas no desenvolvimento de projetos pedagógicos dos cursos, com a introdução de temas transversais e ações institucionais que privilegiam a acessibilidade, a inclusão e políticas educacionais antidiscriminatórias, promovendo um ambiente sadio, com respeito às diferenças e com o estimulo ao protagonismo discente.

Desta forma, este Plano encontra-se estruturado, inicialmente com a apresentação das concepções de inclusão e acessibilidade no ensino superior adotados pela Univale, os dados deste cenário em nível nacional, a análise específica da situação de acessibilidade e inclusão da Univale, as metas correlacionadas em seu PDI, a apresentação da estrutura e objetivos do Espaço A3 – Apoio ao Aluno com a oferta de seus serviços de apoio psicopedagógico e psicológico aos estudantes, os aspectos pedagógicos dos cursos, as condições de infraestrutura arquitetônica, as condições de acessibilidade no sítio eletrônico e acervo pedagógico e cultural, e os planos de ação, organizados para execução em curto, médio e longo prazo, garantindo acessibilidade física, metodológica e atitudinal.

Acesse aqui o Plano Institucional de Inclusão e Acessibilidade

Atendimento

Segunda a quinta-feira, de 7h às 18h15 / Sexta-feira, de 7h às 18h

Telefone: (33) 3279-5561 / (33) 98449-6736

E-mail: espacoa3@univale.br

Instagram: @espacoa3univale 

Equipe

Edmarcius - Univale

 Coordenação: Edmarcius Carvalho Novaes

Doutorando em Ciências Humanas na Universidade Federal de Santa Catarina. Mestre em Gestão Integrada do Território (UNIVALE, 2016). Especialista em Docência para o Ensino Superior (IMES, 2011), Educação e Inclusão – Linha de Formação: Libras (FAEL, 2013), Gênero e Diversidade na Escola (UFMG, 2016), Direito Público (UNIDERP, 2011) e em Gestão Pública (UFOP, 2013), além de MBA em Administração Pública e Gestão de Cidades (UNIDERP, 2011). É Bacharel em Direito (FADIVALE, 2007), Licenciado em Filosofia (UNINTER, 2020). Professor e pesquisador na UNIVALE – Universidade do Vale do Rio Doce, onde leciona e atua em projetos de pesquisa e extensão vinculados ao NIEDS – Núcleo Interdisciplinar de Educação, Direito e Saúde, coordenando o projeto de pesquisa: “Libras, Surdez e Saúde Pública em Governador Valadares”. Na gestão universitária coordena o Espaço A3 da Univale – Apoio ao Aluno, e compõe a organização geral do Simpósio de Pesquisa e Iniciação Científica da UNIVALE desde 2016. Representa a categoria de instituições de ensino superior no Conselho Municipal dos Direitos de Crianças e Adolescentes de Governador Valadares. É revisor em diversos periódicos das áreas de educação, direito, gênero e estudos culturais contemporâneos. Autor do livro ‘SURDOS: Educação, Direito e Cidadania’ (WAK Editora, 2010; 2014) e co-autor do livro ‘Diversidade e Inclusão’ (EST, 2018).

edmarcius.novaes@univale.br

 Serviço de Apoio Pedagógico: Adriana Marcia Capistrano Costa Coelho

Pedagoga, Psicopedagoga Clínica e Escolar, Especialista em Gestão Escolar, Coach Educacional com Especialização em Programação Neurolinguística.

adriana.capistrano@univale.br


 Serviço de Apoio Psicológico: Adriana Mara Pimentel Maia Portugal

Graduada em Psicologia pela Universidade Vale do Rio Doce (2013) e em Direito pela Faculdade de Direito Milton Campos (1991). Pós graduada em Direito do Trabalho pelo Unicentro Newton Paiva e em Docência do Ensino Superior pela Universidade Vale do Rio Doce. Formação em coaching pelo Instituto Brasileiro de Coaching (2013). MBA em Liderança e Coaching na gestão de pessoas pela Universidade Norte do Paraná. Pós Graduada em Psicopedagogia pela Universidade Vale do Rio Doce. Formação em Terapia Cognitivo-Comportamental Contemporânea. Mestra em Gestão Integrada do Território pela Universidade Vale do Rio Doce (2020). Experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia do Trabalho e Organizacional. Professora nos cursos de Psicologia, Direito e Gestão de Recursos Humanos da Universidade Vale do Rio Doce onde também atua no Espaço de Apoio ao Aluno – EA3. Psicóloga Clínica e Organizacional.

adriana.portugal@univale.br

 

Serviço de apoio à educação inclusiva: Adelice Jaqueline Bicalho 

 

Adelice Jaqueline Bicalho

Graduada em Pedagogia (1985) e em Psicologia (1995) pela Universidade Vale do Rio Doce. Mestra em Educação pela Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações (2005). Especialista em Psicanálise para crianças e adolescentes, em Psicopedagogia, Gestão de Pessoas e Metodologia do Ensino Superior. Possui cursos de capacitação e atualização em inclusão educacional.  É professora no Curso de Psicologia da Univale, supervisora de estágio, e responsável pelo atendimento psicopedagógico de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva no Espaço A3 no Campus Antônio Rodrigues Vieira. Psicóloga Clínica.

adelice.bicalho@univale.br

 

Serviço de apoio à educação inclusiva: Sara Edwirgens Barros Silva

 

Bacharel em Teologia pela Universidade Metodista de Ensino Superior (1993), Graduada em Pedagogia pela Universidade Metodista de São Paulo (1994) e Especialista em Neuropsicopedagogia. Especialista em Educação Especial pela USP. Mestrado em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (1997). Doutoranda em Ciências Humanas pela UFSC. Professora no Curso de Direito da Univale, e responsável pelo atendimento psicopedagógico de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva no Espaço A3, no Campus Armando Vieira.

sara.silva@univale.br

 
 
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support