PortugueseSpanishEnglish
Conheça histórias de quem faz segunda ou até terceira graduação na Univale - imagem ilustrativa de uma formanda, vestindo beca e capelo, de costas, erguendo o braço em comemoração

Nunca é tarde demais para perseguir um sonho

19 setembro, 2022

Conheça histórias de pessoas que já estavam no mercado e voltaram à universidade

Quando se pensa em um universitário, muitos podem imaginar uma pessoa jovem, com idade próxima a 20 anos, que ingressou em um curso superior assim que concluiu o ensino médio. Sim, muitos estudantes têm esse perfil, mas na Univale há alunos que vão além disso. Nos campi da instituição tem gente que, embora já atuando no mercado, está buscando o primeiro diploma depois dos 40 anos. Também há quem já possui graduação, mas só agora está fazendo o curso dos sonhos. E também tem aluno octogenário, que já é avô e possui dois diplomas no currículo.

Alex Quirino, aos 46 anos, está cursando o 1º período de Jornalismo. Desde os 14 anos ele trabalha em emissoras de televisão, e atualmente é colaborador da Univale TV. Boa parte da carreira foi em setores como programação e operações. “Também já fiz edição de imagens, e aí eu aprendi mais sobre Jornalismo. Foi aí que me apaixonei pelo Jornalismo”, relata.

Foto de Alex Quirino, funcionário da Univale TV e aluno de Jornalismo
Alex Quirino

Ele já teve outras duas experiências no ensino superior, mas em ambas Alex só estudou até o segundo período. Bem que ele tentou ir adiante nos cursos de Administração e de Engenharia de Produção, mas não logrou êxito. Nas duas oportunidades, as empresas onde ele trabalhava se dispuseram a custear os estudos. “Se eu tivesse que escolher para pagar, certamente eu faria Jornalismo. Ali não era minha praia. Agradeci, mas não dava. Não era o que eu queria. Hoje estou no meu ambiente, este é meu hábitat”, disse Alex.

Quando ingressou pela primeira vez no ensino superior, Isabele Kaizer Moraes Barroso já sonhava em estudar Medicina Veterinária. Porém, morando à época em Ipatinga, não havia instituição que oferecesse o curso, e ela optou por se tornar publicitária. “Fiz a graduação, logo em seguida a pós-graduação. Depois me casei, tive duas filhas, e o sonho da Veterinária acabou ficando de lado. Achei até que seria impossível realizá-lo”, ela conta.

Foto de Isabele Kaizer, aluna de Medicina Veterinária na Univale, vestindo um jaleco
Isabele Kaizer

Já morando em Valadares, ela se animou quando a Univale passou a oferecer o curso – à época ela estava grávida, razão pela qual não ingressou nas primeiras turmas. “Agora minha filha mais nova já está mais crescida e o trabalho me possibilita uma flexibilidade de horário para cursar Veterinária. Tive apoio da família, então senti que era o momento ideal, mesmo aos 35 anos. Não tem sido fácil conciliar tudo e a rotina é bem puxada, mas estou gostando muito e muito feliz com a oportunidade de estudar algo que desejei por tanto tempo”, relata Isabele, aluna do 1º período.

Hoje com 80 anos e cursando o 6º período de Psicologia na Univale, Ivanor Tassis voltou à universidade para se formar em uma terceira graduação, quase 50 anos depois de concluir a segunda, em Propaganda e Marketing – antes, já havia se formado em Economia. “Eu sou muito curioso com relacionamentos humanos. Sempre tive interesse em comportamento social. Na época de escolher minha primeira profissão, o campo da Psicologia ainda era novo, não tinha mercado”, afirmou.

Foto de Ivanor Tassis, aluno de Psicologia na Univale
Ivanor Tassis

Durante muitos anos, Ivanor dirigiu um jornal em Governador Valadares. Já aposentado, estudar Psicologia na Univale foi uma oportunidade para atualizar os conhecimentos. “Foi uma forma de ressignificar minha vida. Eu preciso estar no mundo, não apenas viver. Eu tenho que participar e entender”, ressaltou, acrescentando que foi muito bem acolhido por colegas de turma com idade para serem seus netos. Quando se formar, Ivanor pretende fazer trabalho voluntário de musicoterapia com crianças autistas.

Você também pode se interessar por:

Univale
Univale
Cursos
Campus Armando Vieira

Rua Juiz de Paz José Lemos, 695 – Vila Bretas, CEP: 35030-260, Governador Valadares/MG
(33) 3279-5200
Campus Antônio Rodrigues Coelho

Rua Israel Pinheiro, 2000 – Universitário, CEP: 35020-220, Governador Valadares/MG (33) 3279-5500 
Outros endereços.
®Copyright 2000 – 2021 | Fundação Percival Farquhar (33) 3279-5515 / (33) 3279-5505 CNPJ: 20.611.810/0001-91
magnifiercrossmenuchevron-down Skip to content