O semestre ainda não terminou oficialmente, mas dois professores do curso de Educação Física da Univale comemoraram uma notícia que receberam neste mês. Destter Álacks Antoniêtto, coordenador do curso, e Priscila Figueiredo Campos, foram aprovados para o Programa de Pós-graduação em Educação Física UFV/UFJF.

Destter Álacks explica que começou sua preparação quando passou a frequentar o programa de pós-graduação da UFJF como aluno especial. No segundo semestre de 2018 ele cursou a disciplina “Análise de Performance: técnico-tática e biomecânica”, um passo importante para conhecer o doutorado.

O processo seletivo do qual participou foi dividido em três etapas: a primeira foi composta por análise do projeto de pesquisa, a segunda por uma apresentação do projeto para a banca de docentes, incluindo o professor pretendido para a orientação, e a terceira consistiu em uma análise de currículo.

“Me senti muito feliz com a oportunidade de continuar aprimorando as minhas habilidades como professor e pesquisador. O doutorado é um momento importante, pois além de abrir novas possibilidades no curso, contribui com a qualificação do corpo docente, que reflete diretamente nas avaliações externas do curso”, disse.

Sua proposta de pesquisa aborda o tema: “Análise das Ações Técnico-táticas em Atletas de Taekwondo em Razão das Mudanças das Regras em Três Ciclos Olímpicos (2012, 2016 e 2020): comparação entre sexos, categorias de peso e níveis competitivos”.

“Espera-se que, além das novas rotinas de treino, esse estudo possa impactar na formação e orientação de técnicos e treinadores, auxiliar na formação e qualificação dos árbitros e embasar novas pesquisas sobre o tema”, finaliza ele.

Mais comemorações

Já a preparação da professora Priscila Campos começou quando ela entrou no mestrado, há um ano. Segundo a docente, este foi um momento importante para que ela percebesse a real oportunidade do doutorado, e que deveria se preparar pensando, inclusive, no projeto a ser submetido.

Diante disso, no mês de abril deste ano, Priscila Campos realizou sua inscrição para o doutorado da Universidade Federal de Juiz de Fora e celebrou a conquista da aprovação.

“É uma sensação incrível e a realização de um sonho. Especialmente por ser uma instituição renomada, em um programa de pós-graduação tão bem-conceituado, como é o caso. Acredito ser uma oportunidade de contribuir para o crescimento do nosso curso e da Univale. Tudo que vivenciamos no âmbito acadêmico torna nosso trabalho melhor e mais consistente”, comemorou.

A proposta de pesquisa da professora Priscila Campos teve como tema: “Preditores da busca pela magreza e preocupações com a muscularidade em jovens adultas brasileiras: um modelo sociocultural”.

O trabalho observa a iminente aproximação das mulheres com as preocupações com um corpo mais definido e musculoso, levando em consideração os comportamentos deletérios à saúde que essas preocupações podem causar.

Conforme explica a docente, esse modelo teórico foi avaliado somente no contexto francês, desta forma ela buscará adaptá-lo e avalia-lo contextualizado à realidade das mulheres brasileiras.

 

 

Sobre os docentes:

Destter Álacks Antoniêtto é graduado em Educação Física – licenciatura e bacharelad (2002-2006); Especialista em Atividades Motoras para Saúde e Qualidade de Vida (2007-2008); Mestre em Ciências da Reabilitação Humana – 2008-2010; Aluno do programa de Pós-graduação Strictu Sensu UFJF (2019-atual); docente dos cursos de Educação Física de: Centro Universitário de Caratinga (2006-2008), Faculdade do Futuro (2008-2011), Faculdade Univertix (2011). Coordenou o Centro Esportivo da Univale (2011-2015). É professor do curso de Educação Física da Univale desde 2008 e coordenador desde 2015.

Priscila Figueiredo Campos é professora do curso de Educação Física da Univale e docente substituta do Departamento de Educação Física da UFJF-GV; Mestre em Atividade Física e Saúde pelo Programa de Pós-graduação UFJF/UFV (2019); Especialista em Fisiologia do Exercício Avançado pela UFV (2008); Graduada em Educação Física, Corpo e Sociedade (NECOS/ CNPq). Possui experiência em musculação, ginástica, medidas e avaliações físicas e, como personal trainer, Educação Física Escolar, gerenciamento de academias e atividades físicas para grupos especiais na área da saúde.