O curso de Gestão de Recursos Humanos promoveu, na noite desta quinta-feira (12), a palestra “eSocial: o impacto presente e futuro nas empresas e na economia”. O assunto foi abordado pelos professores Sérgio dos Santos Reis e Hélica Contin da Silva.

A professora Hélica Contin abriu a palestra da noite – Foto: Leandro Silva.

A coordenadora do curso de Gestão de RH, professora Imirene Lodi dos Santos, pontua que, a partir de uma temática, desenvolvida nas disciplinas que os alunos já estão cursando, enxergou a necessidade de explorar melhor a importância que o eSocial tem para as empresas. Ela ressalta que os futuros profissionais da área têm participação direta na alimentação de informações desse sistema, que é federal.

“Iremos abordar a respeito dos aspectos do eSocial e os impactos que ele traz para as empresas e os empregadores. Esse sistema é resultado de uma plataforma criada pelo governo federal. Ele iniciou em 2010 e se desencadeou em 2014, através do decreto 8373. Vem para facilitar a maneira como os dados são enviados para o governo. O objetivo é manter o registro dos trabalhadores de forma digital, para que não se perca mais”, disse a professora Hélica Contin, ao abrir a palestra.

Segundo a docente, antes, muitos registros eram feitos de forma manuscrita, em papel, e agora, consequentemente, o governo começa a receber transferências on-line e a identificar os funcionários com CPF. Com isso, é possível cruzar informações com os ministérios da Previdência Social, do Trabalho e Emprego e Caixa Econômica Federal, permitindo diagnosticar falhas que antes existiam, além de ter uma arrecadação maior.

“Vou falar sobre as questões de acidente de trabalho, que faz parte do eSocial. Ele é divido em etapas, e a última que as empresas vão cadastrar é relacionada à saúde e segurança do trabalho. 10% do nosso Produto Interno Bruto (PIB) vai para pagamento de acidentes e doenças profissionais ocasionadas dentro da relação de trabalho das empresas. O objetivo é diagnosticar e promover ações que busquem diminuir esse número. Também vou orientar os alunos sobre o que eles devem fazer sobre essa saúde e segurança do trabalho, para que eles possam conduzir melhor as empresas”, disse.

A segunda palestra da noite, ministrada pelo professor Sérgio dos Santos Reis, contou com uma abordagem contábil e administrativa sobre o eSocial. De acordo com o palestrante, o programa unificará todas as entidades públicas em um único local, bem como trabalhadores da esfera privada e do terceiro setor.

Participaram da atividade alunos do 2º, 3º e 4º períodos do curso de Gestão de RH, graduandos de Administração (presencial e EaD) e Ciências Contábeis.