A Univale recebeu a nutricionista Fernanda Moreira Pereira e a médica oncologista Elsana Maria Lemes Milbratz para uma palestra no “Colóquio sobre nutrição e qualidade de vida para pacientes oncológicos”, realizada na quinta-feira (18).  

Da esquerda para a direita: Enara Cristina, coordenadora do curso de Nutrição, Lissandra Lopes, Reitora da Univale, Elsana Milbratz, médica oncologista, e Fernanda Moreira, nutricionista — Foto: Leandro Silva.

Fernanda Moreira fez uma abordagem nutricional a respeito do tratamento oncológico. A profissional explanou sobre a atuação do nutricionista, suas atribuições, e alguns mitos e verdades, com o objetivo de desmistificar questões.

“Hoje em dia temos muito acesso à informação e acabamos ficando meio perdidos no que tange à evidência científica. Trouxe alguns estudos para que a gente possa direcionar melhor essa questão de saber aquilo que realmente funciona, é efetivo e recomendado para o tratamento oncológico”, disse. 

Já a médica Eusana Milbratz, diretora e uma das fundadoras da clínica Oncoleste, enfocou sobre o papel real da nutrição em oncologia no início do tratamento até a fase de finitude. A abordagem do nutricionista neste período, segundo ela, é extremamente importante, pois uma das maiores angústias do paciente, e até mesmo dos familiares, é quando ele para de comer.  

“Nessa abordagem multidisciplinar nós contamos muito com o papel do nutricionista. Então, vou passar isso para os alunos, para eles entenderem como se dá os mecanismos de caquexia neoplásica e quais fatores são vistos dos pontos de vista do metabolismo e celular”, explicou. 

 

Dados relevantes

Segundo a professora Enara Cristina, coordenadora do curso de Nutrição, até 2030 são esperados aproximadamente 21,4 milhões de novos casos de câncer, com 3,2 milhões de mortes em todo o mundo. Os principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença são estilo de vida inadequado, alimentação desequilibrada, inatividade física, tabagismo, uso de álcool, poluição química, exposição excessiva à luz solar e outros.  

Para a Reitora da Univale, professora Lissandra Lopes, poder participar dessa efervescência acadêmica é sempre muito especial. 

“A cada evento, vejo o crescimento dos cursos, o empenho e a capacidade formativa e inovadora dos professores, e o desenvolvimento dos estudantes. É um evento que promove a integração, a interatividade, a interdisciplinaridade tão importante para a formação de profissionais da área da saúde. A alimentação adequada é um passo importante no tratamento de pacientes oncológicos”, finalizou. 

O administrador da Oncoleste, Ernani Rocha também prestigiou a palestra, que foi realizada no auditório A, do edifício Pioneiros, no Campus II da Univale.