O curso de Medicina é o mais concorrido do Brasil, tanto nas universidades públicas quanto nas particulares. Todos os anos, milhares de jovens buscam a tão sonhada vaga. Mas, afinal, como é a faculdade de Medicina? Quanto tempo alguém leva, de fato, para poder atuar como clínico geral ou especialista?

Essas são algumas das perguntas que passam pela mente de muitos candidatos, principalmente daqueles que estão concluindo o ensino médio e pensam em começar a se preparar para a carreira. É importante dizer que, quanto mais conhecimento você tem sobre o curso, o processo seletivo e as metodologias existentes, mais chances você terá de encontrar as melhores oportunidades e tomar a melhor decisão.

Quer saber tudo sobre a faculdade de Medicina? É só continuar com a gente!

Quanto tempo dura a faculdade de Medicina?

A duração total do curso é de seis anos, que são divididos entre o ciclo básico, o ciclo clínico e o internato. As diretrizes curriculares do Ministério da Educação (MEC) exigem que a carga-horária mínima do curso completa seja de 7.200 horas, mas é comum que os cursos estejam acima dessa quantidade — no caso da Univale, por exemplo, a carga-horária da graduação em Medicina é de 9.180 horas.

A última etapa do curso é o internato, onde o aluno passa por estágios em diferentes áreas médicas. O MEC estabelece que essa etapa deve durar, no mínimo 2.700 horas.

Em seis anos, o estudante sai formado como clínico geral e já pode começar a atuar. No entanto, caso queira trabalhar como especialista, será necessário passar por uma residência ou por uma especialização. Para ser um neurocirurgião, por exemplo, são necessários mais cinco anos de formação após a graduação.

Como o curso é dividido?

As diretrizes do MEC estabelecem uma série de conteúdos que devem ser trabalhados durante o curso, além das competências obrigatórias que o aluno precisa desenvolver durante a graduação. Desde que atenda às diretrizes, cada universidade pode escolher como o curso será organizado. As opções permitidas são: seriada anual, seriada semestral, sistema de créditos ou modular.

O curso seriado anual divide o curso em anos contínuos, sem divisão de semestres. Já na modalidade semestral, as disciplinas são organizadas dentro de 12 blocos de seis meses cada. Na organização por sistema de créditos o aluno precisa montar um plano de estudos que o permita cumprir a quantidade de créditos necessários para concluir o curso entre o prazo mínimo, de seis anos, e o máximo, que normalmente é de nove anos.

Como é a faculdade de Medicina na Univale?

Na Univale, o curso de Medicina é organizado pelo sistema modular. Ou seja, o curso não é dividido em disciplinas, mas sim em módulos de conteúdo. Essa abordagem permite que os professores atuem de forma conjunta, e que o aprendizado seja levado aos alunos de forma integrada e interdisciplinar.

“No sistema modular tudo está inter-relacionado, até mesmo nas provas as questões são interligadas. Isso evita que o aluno procure apenas decorar os temas estudados e faz com que ele realmente pense, raciocine, aumentando a capacidade de guardar muito mais o conteúdo que está sendo ministrado. Uma forma de aprendizado de fácil fixação”, explica o professor Nilo Nominato, coordenador do curso de Medicina da Univale.

Além disso, esse sistema também facilita a atuação dos alunos no campo prático desde o começo do curso — os alunos da Univale têm contato com a prática clínica do primeiro ao último período, atuando nos postos do PSF (Programa Saúde da Família) em Governador Valadares.

Hora de ir atrás do seu sonho

Agora que você já sabe quanto tempo dura a faculdade de Medicina, e conhece várias outras informações que você precisa para ir atrás do melhor curso para você, que tal saber mais sobre a graduação em Medicina na Univale? Confira todas as informações na página do curso!

As inscrições para o processo seletivo estão abertas até o dia 19 de janeiro!