Se você está pensando em começar um curso de graduação, certamente já se deparou com as várias denominações diferentes que existem para as instituições de ensino superior. Faculdade, universidade, centro universitário — afinal, existe alguma diferença entre elas? A resposta é sim!

Quer saber mais? Prepare caneta e papel para anotar as diferenças entre faculdades e universidades e descobrir qual é a melhor opção para você!

Afinal, qual é a diferença entre faculdade e universidade?

Existe um decreto do Ministério da Educação (MEC) que regulamenta os tipos existentes de instituições de ensino superior, de acordo com algumas características pré-estabelecidas. De acordo com o Decreto nº 5.773/06, existem faculdades, universidades e centros universitários.

Para explicar as diferenças, vamos entender melhor o que é cada uma dessas instituições:

Faculdades

As faculdades são instituições focadas em determinadas áreas do conhecimento. Geralmente elas possuem uma quantidade menor de cursos, concentrados em áreas parecidas, e são mais direcionadas ao mercado de trabalho. Ao contrário do que muitos pensam, as faculdades podem sim ofertar cursos de pós-graduação.

Centros Universitários

Os centros universitários são mais amplos que as faculdades, e menos que as universidades. Enquanto nas faculdades o MEC exige que ao menos um terço dos professores tenha título de especialista, para ser um centro universitário é necessário ter no mínimo um terço do corpo docente formado por mestres e doutores.

Outra diferença é que, assim como uma universidade, os centros universitários têm autonomia para criar cursos sem autorização prévia do MEC.

Universidades

Podemos dizer que uma universidade é formada por várias faculdades. Geralmente, a universidade possui muitos cursos, distribuídos em várias áreas do conhecimento.

Além das exigências que são feitas aos centros universitários, as universidades também precisam cumprir a uma série de outros requisitos. Basicamente, elas têm a obrigação de manter integradas as atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Além da formação, as universidades também precisam ofertar atividades de extensão aos alunos e prestar serviços à comunidade. Elas também devem manter atividades de pesquisa e produção intelectual relevante. Além disso, o MEC exige que ao menos um terço dos professores trabalhe em regime de dedicação integral.

 

Com mais de 50 anos de tradição, a Univale cumpre os requisitos cobrados de uma universidade. A instituição mantém suas atividades com base no tripé da pesquisa, ensino e extensão, mantendo um vínculo forte com a comunidade local e proporcionando excelente formação nas mais diversas áreas.

E aí, deu para entender bem a diferença entre faculdade e universidade? Siga nossas redes sociais para ficar sempre por dentro de assuntos como esse!