FPF recebe da Prefeitura doação de terreno do Campus I

Nesta quinta-feira (27), a Fundação Percival Farquhar, mantenedora da Univale, recebeu por meio de um decreto, a doação do terreno onde funciona o Campus I da Instituição. A conquista do espaço foi resultado de uma luta que durou anos e que, felizmente, chegou ao fim. No local, ainda na década de 60, começou a história da FPF, com a criação do Minas Instituto de Tecnologia – MIT. Até alcançar o que foi construído hoje, a universidade passou por transformações e evoluções, muitas delas sediadas pelo Campus I. 

_

O prédio recebeu o nome de Professor Dr. Armando Vieira, como uma homenagem ao professor pioneiro no ensino superior da cidade. Para participar da cerimônia de assinatura do decreto, estavam presentes a neta e filha de Armando Vieira, como representantes da família, o presidente da FPF, Rômulo Coelho, a reitora da universidade, Lissandra Lopes, o presidente do Conselho Curador, Castor Amaral Filho, a diretora executiva da FPF, Aniela Castello Branco, o prefeito da cidade, André Merlo, o vice-prefeito, David Barroso, além de representantes da Câmara Municipal, membros dos conselhos diretor e fiscal da FPF, gestores, coordenadores e professores da Univale, membros da imprensa e empresários parceiros. 

_

Em entrevista, o prefeito falou sobre a importância da entrega do prédio para o desenvolvimento das ações comunitárias. Ele reforçou as atividades feitas pela Univale e garantiu que novidades surgirão para manter a atenção à comunidade. “A parceria com a Univale é muito forte. Temos um projeto que vamos desenvolver mais e reforçar Valadares como uma cidade polo na educação, principalmente no ensino superior. Então, o atendimento à comunidade ajuda muito o poder público”, disse. 

_

O presidente da FPF, Rômulo Coelho, para registrar o momento, agradeceu e contextualizou brevemente a trajetória da universidade, que se cruza com o espaço físico do Campus I, em grandes momentos importantes da história da Fundação: a visita do ex-presidente Juscelino Kubitschek, que se encantou com o prédio quando o conheceu, as visitas do MEC, o empenho das empresas e entidades que acompanham a instituição, entre outros.

_

“Em um evento recente na Univale, perguntei a vários membros do nosso corpo de colaboradores, entre professores, administrativos, funcionários técnicos: o que você faz aqui? Cada um respondeu qual era a sua função. No final, imitando Walt Disney, eu falei que na verdade, daqui em diante, quando alguém perguntar o que eles fazem, devem responder com toda alegria: nós formamos gente, nós transformamos as vidas das pessoas, nós transformamos a vida das família nós transformamos a comunidade. É isso que a Univale tem feito nesses últimos cinquenta quatro anos, transformado a vida das comunidades. E fazemos isso formando pessoas éticas, humanistas e preparadas tecnicamente para cumprir sua função. E essa época é especialmente importante para nós, porque, agora, no meio do ano, formaremos o aluno número 30 mil na Univale”, disse.

_

A entrega do terreno foi votada na Câmara de Vereadores e representou uma grande conquista para muitos que estavam presentes e que são egressos da Univale, como o prefeito e vice-prefeito do município. “Eu sou de 65, nascido aqui, sei ver bem como a minha história se confunde com a da fundação, com o MIT. E sou muito agradecido a isso. Realmente transformou a minha vida. Todo mundo que tem a oportunidade de participar de uma faculdade, tem a sua vida transformada. Então é um dia muito feliz pra mim, causando justiça. E então, devo só festejar e agradecer a todos que passaram aqui. Esta é uma indústria sem chaminé, que traz muito emprego e renda para nossa cidade” contou o prefeito André Merlo em sua fala.

_

O presidente do Conselho Curador, Castor Amaral Filho, também fez uma fala oficial, agradecendo ao município pela doação. “Este dia fica na história, não apenas da Fundação e de suas mantidas, mas também de Governador Valadares. E, por isso, eu quero, sinceramente, em nome do conselho de curadores, agradecer este gesto do município, que faz justiça à nossa grande instituição. Talvez a mais importante de Governador Valadares, por ser uma instituição sem fins lucrativos, de curso superior e de cursos do ensino médio, uma instituição comunitária e, por isso, esse patrimônio não deixa de ser do município, mas continua sendo na nossa cidade.” disse.

_

Finalizando a fala da presidência da Fundação, Rômulo enfatizou: “o que se assina aqui hoje é apenas um decreto para a transferência de direito de posse. O direito de posse deste prédio da Prefeitura, que após a assinatura deste ato, passa a ser da Fundação. Mas, na verdade, os donos deste prédio continuam sendo os mesmos: o povo de Governador Valadares, porque a Fundação é comunitária, e também pertencente a todas as pessoas da nossa comunidade.”

_

Ao fim da cerimônia, o documento físico foi assinado pelo prefeito e vice-prefeito e uma cópia foi entregue ao presidente da FPF. As representantes da família Vieira, neta e filha do professor Armando, foram homenageadas, como forma de agradecimento à participação do professor na construção da história da Fundação. 

_

Gostou? Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support