As atividades para o primeiro semestre de 2020 já estavam todas programadas, porém, com a chegada do coronavírus, em uma situação inédita, todo mundo precisou se adaptar, migrando a rotina para o mundo virtual, incluindo as universidades. Assim, o curso de Enfermagem realizou, na última semana, a tradicional Semana Acadêmica, juntamente com a 25ª edição do Seminário Integrador e o 8º Tecendo Saberes, mas dessa vez um tanto diferente.

De acordo com a professora Mônica Valadares, que também é coordenadora do curso, desde a suspensão das aulas presenciais e a utilização da educação virtual na Univale, o curso optou em permanecer com as programações do semestre. “Elas foram redesenhadas para o formato virtual como forma de continuar com as atividades acadêmicas nesse momento de restrição social que todos nós compartilhamos”, destacou.

Nesta edição, a proposta do Seminário foi o acolhimento dos egressos do curso, por isso, o tema central escolhido foi “O bom filho à casa torna”. Já o Tecendo Saberes, promovido e apresentado pelos alunos do 8º período, tem um viés diferente e abordou os eixos transversais do Projeto Pedagógico do Curso (PPC). Nas duas atividades os acadêmicos têm como produto final artigos científicos por turma.

Embora o formato de apresentação tenha sido diferente dos anos anteriores, houve uma excelente aceitação por parte dos alunos, “até porque o uso de ferramentas e tecnologias virtuais permite compartilhar, com mais facilidade, experiências de profissionais já inseridos no mundo do trabalho com nossos alunos”, explicou a professora Mônica.

Para o acadêmico do 9º período, Maricelso Júnior, os novos formatos têm sido uma experiência única. “Um tanto quanto assustadora, mas que não deixa de ser enriquecedora. Por se tratar de algo tão novo, às vezes criamos resistência em aderir, além da ocorrência de alguns entraves, mas nada que impossibilite a realização e absorção do aprendizado”.

Na Semana Acadêmica, Maricelso participou como convidado da mesa virtual. Para ele, o objetivo da atividade foi alcançado com louvor, uma experiência jamais vivenciada.

“Confesso que nossas expectativas não eram das maiores, mas foram superadas. O novo formato permite a participação no conforto de casa, sem muitas delongas e de forma objetiva. Claro que não substitui a alegria em estar juntos e toda pompa, mas diante do cenário atual faz-se necessário inovar”, concluiu o aluno.

A Semana Acadêmica é sempre muito especial para o curso de Enfermagem, pois além de incentivar a pesquisa e a escrita científica, proporciona a socialização entre os professores e alunos de todos os períodos. Mesmo virtualmente, nesta edição não foi diferente.

De acordo com a aluna Rafaelle Teixeira, do 9º período, já é de costume que a Semana Acadêmica seja cheia de muita emoção, tanto pelo nervosismo das apresentações, quanto os abraços e demonstrações de carinho depois, para comemorar o trabalho concluído. Dessa vez, a edição foi inédita e os abraços foram virtuais, mas cumpriu o que era esperado.

“Por ser novo, causa o estranhamento. No início estávamos um pouco aflitos sobre como ia ser e se daria certo, pedimos até um adiamento, mas acabou dando certo! E até possibilitou a participação de pessoas que não estariam no formato presencial”, concluiu.