PortugueseSpanishEnglish

Univale tem mais de 10 trabalhos apresentados em congresso internacional interdisciplinar

21 novembro, 2022

Realizado de forma remota entre os dias 14 e 18 de novembro, o Congresso Internacional Interdisciplinar em Sociais e Humanidades (Coninter) chegou à 11ª edição neste ano, com o tema “Diversidade e Resistência na Ciência: diálogos e desafios interdisciplinares sobre crises sistêmicas”. Mais de dez trabalhos elaborados com participação de alunos e docentes da Univale foram apresentados nesta edição do Coninter.

“O tema ‘Diversidade e Resistência na Ciência: diálogos e desafios interdisciplinares sobre crises sistêmicas’ se propõe a pensar os desafios interdisciplinares. É, sem dúvida alguma, uma urgência no cenário do Brasil contemporâneo e pandêmico. Essa complexidade pede, entretanto, a construção de pontes entre conhecimentos distintos”, avaliou a professora Maria Celeste Reis Fernandes de Souza, do mestrado em Gestão Integrada do Território (GIT), da Univale.

Entre os campos que passam pelas crises sistêmicas mencionadas no tema desta edição do Coninter, a professora Maria Celeste aponta: questões ambientais, valorização da ciência, educação, vulnerabilidades e violências contemporâneas.

Foto da professora Maria Celeste, que comenta participação da Univale no Coninter
Professora Maria Celeste comenta participação da Univale no Coninter

“A abordagem interdisciplinar dos trabalhos apresentados, conforme se pode constatar em seus títulos, dialogam com a temática do evento e se fazem na defesa do cumprimento dos direitos humanos. Os trabalhos apresentados, nas distintas áreas, foram produzidos a partir de uma análise de problemas que necessitam de um olhar mais acurado do ponto de vista da produção acadêmica. Cada trabalho contribui para ampliar o debate e oferecer ferramentas analíticas em diálogo com as questões territoriais e as distintas áreas de conhecimento”, complementou a professora.

Relação dos trabalhos apresentados no Coninter:

  • Pandemia da covid–19 e o adoecimento de docentes. Acácia de Carvalho Monteiro Leite; Marileny Boechat Frauches Brandão.
  • Ensino público e privado no Brasil: uma análise da linha abissal que separa as duas realidades. Cláudia Letícia Moura Prates; José Augusto de Araújo Pires; Bernardo Gomes Barbosa Nogueira; Cristiane Mendes Netto.
  • Reflexões sobre a violência doméstica no cenário brasileiro: um estudo documental. Adeliana Xavier Santos; Suzi Patrice Aguilar Meira e Matos; Lissandra Lopes Coelho Rocha; Maria Celeste Reis Fernandes de Souza; Fernanda Cristina de Paula.
  • Panorama da violência contra crianças e adolescentes no Brasil nos últimos dois anos – um estudo documental. Darlan Corrêa Dias; Herlon Jackson de Souza; Maria Celeste Reis Fernandes de Souza; Lissandra Lopes Coelho Rocha;
  • A literatura em diálogo com a Geografia das emoções: o espaço do (r) existir. Ângela Vitória Andrade Gonçalves da Silva; Bernardo Gomes Barbosa Nogueira; André Rodrigues Santos.
  • O Direito e a Literatura e o seu (não) espaço no ensino médio público brasileiro. Islane Archanjo Rocha; Thais Aldred I. de Aquino; Iassmyn Vitória Costa Santos; Biana R. Pereira; Ícaro Silva Nascimento.
  • Juventude e a temática ambiental: revisão sistemática de artigos acadêmicos. Viviane Amélia Ribeiro Cardoso; Eloisa Maria Ferreira de Almeida; Renata Bernardes Faria Campos; Maria Celeste Reis Fernandes de Souza; Lissandra Lopes Coelho Rocha.
  • Do Direito à cidade no ensino de matemática em tempo integral. Elida Laurindo de Sousa; Eloisa Maria Ferreira de Almeida; Maria Celeste Reis Fernandes de Souza.
  • Presença feminina nas espacialidades agro cafeeiras: um estudo sobre a presença de mulheres na Embrapa Café. Sueli H. da Silva Crisóstomo; Renata Bernardes Faria Campos.
  • Relevância do programa olhos d’água na sub-bacia do rio Manhuaçu. Marcelo Ferreira Vaz; Mauro Augusto dos Santos; Renata Bernardes Faria Campos.
  • Patrimônio cultural sob a ótica do pensamento decolonial: reflexões a partir da disciplina de arte. Joyce Matos de Aquino; Renata Bernardes Faria Campos; Mauro Augusto dos Santos.
  • Traçando cartografias da arte e da cultura, com jovens em território vulnerável. Karla Nascimento de Almeida; Andrea Cecília Moreno; Bernardo Gomes Barbosa Nogueira.

Você também pode se interessar por:

Univale
Univale
Cursos
Campus Armando Vieira

Rua Juiz de Paz José Lemos, 695 – Vila Bretas, CEP: 35030-260, Governador Valadares/MG
(33) 3279-5200
Campus Antônio Rodrigues Coelho

Rua Israel Pinheiro, 2000 – Universitário, CEP: 35020-220, Governador Valadares/MG (33) 3279-5500 
Outros endereços.
®Copyright 2000 – 2021 | Fundação Percival Farquhar (33) 3279-5515 / (33) 3279-5505 CNPJ: 20.611.810/0001-91
magnifiercrossmenuchevron-down Skip to content